RONDONÓPOLIS

GERAL

Partido Liberal oficializa Jair Bolsonaro como candidato à reeleição

Publicado em

GERAL

O Partido Liberal oficializou neste domingo (24) a candidatura do presidente Jair Bolsonaro à reeleição no pleito de outubro. Também foi formalizada a participação do general Braga Neto como candidato a vice-presidente na chapa que concorrerá a uma vaga no Planalto neste ano.

Durante convenção partidária no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, Bolsonaro lembrou de dificuldades registradas em três anos e meio de governo. “Tivemos que enfrentar uma pandemia, uma guerra que não acabou ainda, uma seca como há muito não se via. Buscamos medidas para minorar o sofrimento do nosso povo. Alguns falam que eu não tenho olhado pelos mais pobres. Em 2020, quando falaram para todos ficarem em casa, eu disse para combatermos o vírus, mas sem destruir a nossa economia. Os informais foram obrigados a ficar em casa, para morrerem de fome”. 

“Todo dia, quando me levanto, eu tenho uma rotina. Dobro meus joelhos e rezo um Pai Nosso. Peço que o povo brasileiro nunca experimente as dores do comunismo. Peço força para resistir e coragem para decidir. Por vezes, tento entender como cheguei até aqui. Neste país, quando acreditamos, os nossos sonhos tornam-se realidade”, disse Bolsonaro.

Leia Também:  Ex-presidente FHC terá de passar por cirurgia, diz hospital

Braga Neto não discursou na convenção.

Perfil

Jair Messias Bolsonaro é militar reformado, capitão do Exército. É o 38º presidente do Brasil desde 1º de janeiro de 2019. Foi deputado federal pelo Rio de Janeiro entre 1991 e 2018. Nasceu em 1955, no município de Glicério, no interior do estado de São Paulo, mas morou em várias cidades paulistas. Formou-se na Academia Militar das Agulhas Negras em 1977. Posteriormente, serviu nos grupos de artilharia de campanha e paraquedismo do Exército. Casou-se três vezes. É pai de cinco filhos e casado com Michelle Bolsonaro.

Walter Souza Braga Netto nasceu em Belo Horizonte em 1957. Militar da reserva, alcançou o posto de general de Exército. Entre fevereiro de 2018 e janeiro de 2019, chefiou a intervenção federal no Rio de Janeiro. Foi comandante Militar do Leste até fevereiro de 2019, quando assumiu a chefia do Estado-Maior do Exército. Em fevereiro de 2020, assumiu o cargo de ministro-chefe da Casa Civil. Em março de 2021, foi nomeado Ministro da Defesa.

Leia Também:  Inscrições abertas para casamento coletivo no Distrito Federal

Edição: Paula Laboissière

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Polícia do Rio investiga desaparecimento de cinco homens

Publicados

em

O Setor de Descoberta de Paradeiros da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) está responsável pela investigação sobre o desaparecimento de cinco homens que estavam em um carro de aplicativo, entre eles, o motorista, e os outros jovens entre 21 e 28 anos.

De acordo com as informações iniciais, eles estavam a caminho de um shopping em Nova Iguaçu, quando foram rendidos por homens armados e encapuzados no bairro Valverde.

Conforme a Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), a delegacia de homicídios também tenta a localização dos homens. “O caso foi encaminhado para o Setor de Descoberta de Paradeiros da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) para investigação e localização das vítimas”.

O caso chegou a ser registrado na Delegacia de Nova Iguaçu, mas a DHBF assumiu as investigações.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Inscrições abertas para casamento coletivo no Distrito Federal
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

PRA ELAS

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA